Ginecologia

Ginecologia é a especialidade médica responsável por cuidar da saúde da mulher em todas as fases da vida. Ou seja, tem início na puberdade e adolescência, passa pela introdução de contraceptivos e começo da vida sexual e vai até a menopausa. Portanto, são realizados exames preventivos bem como tratamentos de doenças ligadas ao aparelho reprodutivo feminino (útero, vagina, vulva, trompas, ovários e mamas).

A especialidade pode prevenir, acompanhar, diagnosticar e tratar diversas patologias. Por exemplo, DST’s, infecções, alterações relacionadas à menstruação, prolapso de órgãos pélvicos, cânceres, acompanhamento do uso de anticoncepcionais e descoberta e acompanhamento de gestação.

Quando procurar um ginecologista?

As mulheres devem consultar um ginecologista periodicamente para manter a boa saúde íntima e, assim, prevenir doenças. Portanto, nas consultas médicas o profissional faz uma análise do histórico da paciente seguida de exame físico, que inclui avaliação das mamas, abdômen e genitais.

De acordo com o caso, são pedidos exames como, por exemplo, a coleta do Papanicolau, que tem o objetivo de prevenir o aparecimento do câncer e ou doenças sexualmente transmissíveis. Além disso, pode ser necessário um ultrassom para visualização dos órgãos pélvicos e abdominais, assim como mamografia e ultrassom das mamas, entre outros.

É indicado que o primeiro exame ginecológico seja realizado a partir do início da vida sexual ativa ou então do começo da menstruação. No entanto, o ideal é que sejam feitos exames preventivos todos os anos, seja qual for a idade da mulher. Normalmente é indolor, simples e rápido.

É aconselhado que a mulher procure ajuda médica caso apresente sintomas ou algumas das situações a seguir.

  • Início da vida sexual: o profissional de ginecologia pode dar orientações e sanar dúvidas relacionadas aos riscos de doenças sexualmente transmissíveis e métodos anticoncepção;
  • TPM: nos casos em que os sintomas da tensão pré-menstrual são intensos ao ponto de prejudicar a rotina. Devido às alterações hormonais, podem ocorrer fortes mudanças de humor, por exemplo. Então, o ginecologista saberá como cuidar do caso da melhor forma;
  • Ciclo menstrual irregular: são ciclos que apresentam variação em relação ao ritmo que a mulher está habituada, podendo ser constante ou pontual. As causas podem variar de problemas no organismo a gravidez inesperada, mudanças no uso de anticoncepcionais, exercícios em excesso, estresse, doenças ginecológicas e alimentação inadequada;
  • Corrimentos: conforme a cor (amarelo, branco, marrom), o corrimento vaginal pode ter um significado diferente. Dessa forma, pode ser tanto uma secreção natural do corpo quanto uma preocupação maior;
  • Cólica: são dores intensas que a mulher apresenta durante o período menstrual e que podem prejudicar sua rotina. Essa condição pode ser provocada pela liberação de uma substância que aumenta as contrações musculares ou mesmo por outras doenças, como a endometriose;
  • Infertilidade e dificuldade para engravidar: nos casos em que a mulher deseja engravidar, mas apresenta dificuldade. O profissional irá avaliar sua saúde e a integridade de seu sistema reprodutivo, orientando a paciente a ter uma qualidade de vida preventiva;
  • Menopausa: esse período que marca o fim da produção de hormônios femininos nos ovários provoca diversos sintomas como, por exemplo, calor excessivo, diminuição da libido, alterações de humor e dificuldade para dormir.

Conheça Também

Agende Sua Consulta

Através do Telefone (11) 3259.4298 / (11) 3171.2800 ou preencha o formulário